quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

I can make it at home for (almost) nothing!

É uma das frases-chave de uma das minhas sitcom's preferidas: Goodness Gracious Me, em que uma senhora indiana recorrentemente anuncia que ela consegue fazer as coisas (quase tudo) em casa, por quase nada (ver aqui).
Tenho-me comparado cada vez mais a essa senhora. Então vejamos:
- lavo, seco e passo a roupa cá em casa. (ok, a máquina da roupa ajuda e confesso que só passo o estritamente necessário, e geralmente tenho ajuda)
- faço iogurte na iogurteira
- faço leite de cereais (por enquanto ainda só me aventurei a fazer de arroz e de aveia)
- faço compotas (ok, a minha mãe geralmente faz-me as compotas...), com fruta apanhada no campo
- faço pão, massa para pizzas, bolos e pão de leite na máquina do pão (que se podem congelar para preservar depois de feito - nunca experimentei com a massa de pizza)
- faço bolachas/biscoitos para os meus lanches (em vez de comprar barritas ou pacotes de bolachas)
- faço os meus próprios detergentes (uso nozes de saponária e sabão sódico)
- faço os meus próprios sabonetes, reciclando óleo de frituras usado
- planto e uso ervas aromáticas e chás de ervas vários

Para nós, isto embora seja um bocadinho mais moroso (sendo essa a razão pela qual não me dediquei a mais coisas ainda), tem feito sentido porque:
- acabamos por poupar algum dinheiro na maior parte dos casos (estes serviços/produtos são todos mais caros quando adquiridos)
- são quase sempre alternativas mais ecológicas, que reduzem o nº de embalagens desperdiçadas, o nº de viagens ao supermercado, reutilizo imensas coisas (embalagens, óleo, etc)
- são mais saudáveis: são sempre feitos sem aditivos ou conservantes, para serem consumidos/usados frescos ou num tempo relativamente mais curto que os comprados feitos.
- dá-nos um bocadinho mais prazer saber que fomos nós que fizemos as coisas...

E isto contribui para um ambiente mais harmonioso e sustentável, em casa e fora dela. Sim, gastamos mais tempo, mas onde era gasto esse tempo antes? no supermercado? no centro comercial? a andar de loja em loja? Cada vez mais estamos mais adeptos do Slow Movement, mas isso dá outro post...

4 comentários:

We Are Not Typical - WANT disse...

posso-me candidatar a aprender como fazer o leite de cereais? gato uma pipa de massa nisso. falando em massa, será que conseguimos uma joint venture com a vossa máquina de pão? não tenho como comprar uma agora mas podíamos trocar serviços, pão por..... fruta da horta? temos que conversar pessoalmente.

moya disse...

LOLOLOL
vou-te mandar um email com as receitas.
tenho uma amiga que quer vender a maq do pão dela. posso tentar ver por quanto.
mas frutinha é sempre bemvinda!

Raquel Martins disse...

Há tempos que quero fazer sabonetes em casa mas ainda não consegui encontrar uma receita boa.
Podes passar a tua?

moya disse...

Olha, há várias receitas mas vou-te mandar email. bjs!!