quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

10 meses

Tirámos férias.
Precisámos.
Precisei de me sentir absorvida pelo espírito natalício e de gozar ao máximo a minha filha. Mesmo assim, sinto que lhe poderia ter dado mais atenção, mas este ano o Natal foi cá em casa e os preparativos tiraram-me alguma da alegria da estação...
E o Novo Ano chegou, cheio de vento e chuva (partiu-nos o chapéu de chuva e molhou-nos todos enquanto assistíamos ao fogo-de-artifício no exterior do santuário do Cristo-Rei) e quando fomos a ver, a moyinha já tem 10 meses!
Faz confusão porque parece que foi ontem que a ajudei a nascer... O tempo passa a voar!
Já tem quase 9Kg e uns 66cm de comprimento (e porque não, "altura", visto que ela já se põe de pé e aguenta-se desta forma sem se agarrar a nada um bom minuto). Bem vistas as coisas, a régua de medição que a avó Mimi lhe ofereceu já tem graduação desde os 65 cm!

Novidades:
- gatinha que nem uma louca pela casa toda. Esqueçam parque, andarilho, cadeirinha de refeição, espreguiçadeira, edredon no chão: ela quer é gatinhar casa fora, correr as divisões todas e explorar (pegar, puxar e meter na boca) tudo o que encontra pela frente!
- já interage com tudo e todos: gatinha atrás dos gatos, que se pisgam; se estamos a conversar com alguém, já reclama por atenção
- está na natação: adora a piscina e, fora um ou outro pirolito engolido, é uma festa dentro de água!
- já come carne e peixe desfiados, na sopa ou directamente para a boca. Outros alimentos incluem arroz cozido, cenoura ou nabo cozidos, abacaxi, e tudo o que ela consiga deitar a mão no prato dos adultos! Continua a gostar muito de papas mas a paixão pela sopa já passou...
- a elimination comunication regrediu um pouco: os cocós andam meio esquisitos (ora duros ora moles demais): possivelmente por causa dos dentinhos (que ainda não chegaram). Assim ao acordar pômo-la no penico e faz o seu xixi e muitas vezes o seu cocó, mas durante o dia é mais complicado de chegar à wc a tempo...
- já tem mais cabelo e está mais esguia
- objectos de eleição (quando lhes consegue deitar a mão): telefones (de casa, dos pais, das visitas), comandos dos aparelhos, colheres (especialmente a que estamos a usar quando lhe damos a comida), enfim, tudo o que estiver na mão dos pais. No NAtal, recebeu meia-tonelada de prendas e na manhã seguinte, o objecto predilecto de brincadeiras era... um balão que veio num dos embrulhos!... Pais, um conselho amigo: guardem o vosso dinheirinho para pagar a faculdade... ou então para quando eles começarem a devorar anúncios na tv e perceberem de onde vêm os brinquedos! Os bebés divertem-se com quase nada: só precisam do vosso amor e preferem brincar com o que vêem os outros mexer.
- Está uma macaquinha de imitação: esticamos o indicador e batemos na palma da mão oposta e ela faz o mesmo! Dizemos que não com a cabeça e ela repete. batemos com a palma da mão numa superfície e ela repete. dedilhamos a boca para fazer sons e ela repete! Acenamos adeus e ela repete!
- Tem cócegas nos pés!
- Traquinices: adora abrir a porta de vidro da aparelhagem e tirar os cds todos cá para fora. Quando é apanhada, estremece e fica a olhar para nós com uma cara comprometida :) Adora brincar com o transformador dos portáteis!
Bem, são tantas novidades que não tenho tempo para as escrever todas de uma vez!

Sem comentários: